E LÁ VEM A PÁSCOA…

by

post_pascoa1

Nem bem passou o Carnaval, os supermercados foram infestados por ovos de Páscoa de todos os tipos. Boneca, carrinho, braceletes que mudam de cor… nem sequer o chocolate tem mais importância.

Pensem um pouco antes de presentear filhos, sobrinhos, amigos com ovos que mais parecem uma alegoria carnavalesca e que não têm nada a ver com Páscoa, e sim com consumo.

Transcrevo a seguir o texto da professora Andréa, do Jardim de Infância Waldorf Florescer, sobre o sentido a Páscoa. 
 
AS CRIANÇAS E A ÉPOCA DE PÁSCOA

Por Andréa Courel

As festas do ano são um acontecimento importante na vida e no ritmo da criança e mesmo do adulto. Se tentarmos nos lembrar de nossa infância, as festas parecem pequenas pedras preciosas em nossas vidas. A civilização moderna, tão consumista, incentiva apenas o lado comercial dessas festas, mas elas têm um profundo sentido espiritual e são marcos importantes no ritmo do ano.
A criança vivencia-as de uma forma direta e simples, pois participa com todo o seu ser. Sua alma fica satisfeita pela repetição anual das mesmas experiências, da chegada “novamente” de uma época, com as mesmas canções, as mesmas histórias, a casa decorada sempre do mesmo modo.
Esperar, preparar e festejar uma festa produz na criança alegria e felicidade. Desperta nelas um sentimento de admiração, veneração, entusiasmo e gratidão para com a vida. A alegria vivenciada pela criança em sua infância traz leveza para seu corpo, metamorfoseando-se em forças para enfrentar e vencer as dificuldades que surgem na vida adulta futura.
  
Afinal o que é a Páscoa?

Páscoa é a festa mais importante do ano. Ela acontece no primeiro dia da semana, Domingo, o dia em que Cristo ressuscitou.  
A palavra Páscoa muda seu significado em cada língua, em alemão=deusa da fertilidade, no Brasil vem do hebreu=passar, ir para frente.
O ovo é como um germe de esperança para nova vida, porque o ovo é puro futuro, é o início de uma  esperança, é também um símbolo da imortalidade e eternidade. 
E o coelho? Na verdade o coelho da Páscoa é uma lebre!
A diferença é que a lebre é um animal que pode viver em qualquer lugar, o mundo é sua casa, enquanto o coelho precisa de cuidados, precisa de gente, de uma casa. A lebre tem o altruísmo, se sacrifica pela outra, quando  uma está sendo perseguida, morre por outra e isso acontece de forma inconsciente e instintiva. Estão constantemente em movimento, não fazem mal ao outro, mesmo sendo ameaçada, não irá se defender, é muita humildade, a única coisa que faz é fugir e correr.
Enquanto a lebre faz esse caminho inconscientemente, o homem pode fazê-lo conscientemente, é o caminho para o Cristo.
Podemos vivenciar o que é eterno e essa essência eterna é representada pelo ovo e a lebre representa o sacrifício.
A “lebre” esconde os ovos para que as crianças busquem, procurem e encontrem, representando a busca crística.
Por todos estes motivos devemos pensar antes de darmos ovos do mercado para nossas crianças, principalmente antes do dia da Páscoa. O que queremos mesmo passar para o coração de nossas crianças?
A infância é a única fase da vida em que podemos ter segredos tão importantes e vivenciá-los com todo o corpo, é a oportunidade que as crianças têm de “veneração e gratidão”. Devemos proteger e preservar esse segredo, a vivência sempre ficará, as imagens se dissolvem com o desenvolvimento, mas as vivências são transformadas em forças.

5 Respostas to “E LÁ VEM A PÁSCOA…”

  1. Graziela Says:

    Super bom esse texto.
    Me lembra os ovinhos da infância recheados com amendoim colorido.
    Pretendo fazer isso para minha filha, fazer os ovos em casa e nada de ovo antes da Páscoa!

  2. Gabriela Says:

    Na ânsia de agradar aos filhos compramos o ovo mais caro, do personagem favorito, com o brinquedo do momento… uma tarde pintando ovos na companhia dos filhos certamente será inesquecível, já do ovo comprado, minutos depois de aberto, ninguém mais se lembra.

  3. Dani Says:

    Lindo texto! Como é bom saber que não estamos tão sozinhas e que tem muita gente que compartilha com esses pensamentos.
    O primeiro impulso quando encontro uma pérola com essa é divulgar o máximo possível. Que todos os pais, familiares e pessoas em convivio com crianças possam por a mão na consciência e não fazer das crianças apenas “consumidores” de superficialidades que nada preenchem e ainda ajudam a girar essa terrivél industria que está destruíndo o planeta.
    O não consumismo é nossa única saída para parar a máquina!
    Não somos peças, somos seres humanos.
    Salvem as crianças!!!
    ” Um sonho sonhado só é só um sonho,
    um sonho sonhado junto é realidade.”

  4. irene melillo Says:

    ADOREI O TEXTO!AS VIVÊNCIAS DAS ÉPOCAS NAS ESCOLAS WALDORF,ENCHEM MINHA ALMA DE ALEGRIA,ME FAZEM LEMBRAR DA MINHA MÁGICA INFÂNCIA ME FAZEM TER ESPERANÇA!È POSSÍVEL CRIAR NOSSOS FILHOS POR INTEIRO,PRESERVANDO SEU ENCANTAMENTO PELO MUNDO!PRECISAMOS AGORA MAIS DO QUE NUNCA DE ADULTOS ENCANTADOS COM A VIDA!!

  5. É PÁSCOA DE NOVO « Verde Dentro Says:

    […] ano passado já falamos sobre a Páscoa e seu real significado (leia o post), mas nunca é demais lembrar que, assim como o Natal, a Páscoa é uma data que não deveria ter […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: