ÚLTIMO SUSPIRO

by

sufocamentosufocosufocamento

Comentamos no post “Ônibus a hidrogênio” que, apesar do alto valor de investimento que algumas tecnologias ecológicas exigem, no final dos cálculos elas se tornam econômicas, por prevenirem o custo elevado do impacto de doenças preveníveis. Mas qual é esse custo?

Estudo científico da USP, e outras seis universidades federais, calcula que são gastos R$14 por segundo (quase meio bilhão por ano!) para tratar sequelas respiratórias e cardiovasculares de vítimas da poluição do ar de grandes metrópoles, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Recife.

Cerca de 20 pessoas morrem diariamente na Grande São Paulo vítimas da poluição atmosférica. E o Ministério Público de São Paulo já move ação civil contra a Petrobrás e treze montadoras de veículos pedindo indenização para vítimas da poluição. Já pensou se essa moda pega?

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: