A “POLÊMICA” DOS RODEIOS

by

post_rodeio2

Por Gabriela Guenther

Nosso post “Não existe rodeio sem crueldade” tem recebido muitos comentários de defensores desse esporte.

Os argumentos têm em comum a alegação de que os animais são bem tratados, recebem boa alimentação, cuidados veterinários e exercícios para que no dia da apresentação estejam saudáveis e bonitos. Também defendem o rodeio como tradição cultural e nos acusam de falta de informação.

O rodeio pode até ser um esporte regulamentado, mas, não sejamos ingênuos ou hipócritas, obviamente a regulamentação não é rigorosamente seguida em todos os eventos. 

Não é difícil encontrar na internet notícias e informações que comprovem maus tratos de animais nos rodeios, mas reunimos mais alguns argumentos para que cada um forme sua própria opinião.

“… não me venham os defensores dessa indústria, tão milionária quanto imbecil, afirmar que pulam daquela maneira porque são bravos e selvagens. Aqueles pobres animais pulam de dor!(…). Uma arena como esta poderia apresentar atrações esportivas de verdade, vários grandes atletas do Brasil estão sem patrocínio ou incentivo algum.(…)” – Rita Lee

“Um estudo de cinco pesquisadores das áreas de veterinária e zoologia da USP, UNESP e UEL apontou por meio dos sinais fisiológicos e do comportamento dos animais em rodeios, que eles sentem dor ao usar a tira amarrada na virilha, mesmo quando tais sensações não vêm acompanhadas por ferimentos visíveis.” (Leia a reportagem completa de Rodrigo Bertolotto – UOL Notícias)

post_sedem

“Não é apenas o sedém que causa dor. Os animais são submetidos todo o tempo a situações estressantes, como o confinamento, o transporte, as luzes e o barulho.” – Gabriel Rocha, membro da Sociedade Protetora dos Animais

“É bom pro mercado de disco e de gato, laranja e trator
Mas quem corta a cana não pega na grana, não vê nem a cor
Respeito Barretos, Franca, Rio Preto e todo o interior
Mas não sou texano, a ninguém engano, não me engane, amor” – da música “Odeio Rodeio“, de Chico César 

<!– AddThis Button BEGIN –>
<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

Anúncios

Tags: ,

2 Respostas to “A “POLÊMICA” DOS RODEIOS”

  1. Filipe Paiva Says:

    Acredito que os que defendem o rodeio como esporte estão sendo levados pela paixão. É muito difícil abandonar sua cultura, muitas vezes profundamente ligada à honra da própria família. É uma carga emocional muito forte. Para transcender o mal, acho que o mais recomendável é praticar a razão. Ler, informar-se, sem levantar nenhuma bandeira. E, para os religiosos, Deus é amor à vida. Sob todas as suas manifestações. Ele ama do inseto ao homem e cada ser tem sua função específica no equilíbrio natural. Não é digno submeter outras vidas à diversão macabra de alguns. Rodeios, touradas, rinhas ou seja lá o que for. Não vamos nos apegar às imagens. Vejamos além. Olhemos para dentro para enxergarmos melhor o que nos cerca. Paz na Terra já!

  2. romildo Says:

    não é zoologia colega, é zootecnia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: