ESCREVA UMA HISTÓRIA DIFERENTE!

by

post_ale

Por Alexandre Pereira

Nossa proposta para o projeto 350.org:

Amanhã, 24 de outubro, escreva uma carta destinada a uma criança se comprometendo a cuidar do planeta, para que ela, seus filhos e netos, possam aproveitá-lo tanto quanto nós aproveitamos.

No final do texto, deixe claro o seu desejo de que este compromisso seja passado para outra criança quando ela alcançar a fase adulta.

Envie o seu texto para verdedentro@gmail.com.br

Nossa meta é reunir 350 cartas num documento que será enviado ao projeto e entregue aos participantes da Conferência de Copenhague, em dezembro.

Contamos com a sua participação!

<!– AddThis Button BEGIN –>
<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “ESCREVA UMA HISTÓRIA DIFERENTE!”

  1. oceanoale Says:

    Enzo,

    Quando eu era pequeno como você, eu achava que o jardim do meu prédio era o mundo! Eu achava formigas e tatus bola para brincar e imaginava que nas flores havia mel…! Fui crescendo e percebi que o mundo era mais do que aquilo. E no caminho da escola eu notava carros, prédios e muitas outras coisas que estavam muito além da minha idéia do planeta.

    Na escola, aprendendo sobre a natureza de todas as espécies eu tentava imaginar onde é que estavam todos aqueles animais? No zoológico? Presos?

    A medida que o tempo passava, percebi que a natureza e todos os animais estavam sendo cada vez mais oprimidos pela construção dos prédios, das avenidas, dos carros e tudo aquilo que estava a venda no supermercados com imagens bonitas nos rótulos. O auge do meu contato com a natureza eram jardins murados ou o pé de pitanga que tinha na casa da minha tia…

    Meu pai me dizia que quando ele era pequeno, ele nadava com os irmãos num riozinho de verdade no bairro do Ipiranga. Mas ele só me levava para a piscina do clube. A cachoeira, a praia, a floresta e os animais estavam muito longe. E tudo aquilo que eu via na escola só era possível ver nas viagens de férias.

    Quando eu cresci mais, entendi que os carros, os prédios, as avenidas e todas as coisas que vendem no supermercado e no shopping afastaram os seres humanos da natureza e das outras espécies. E eu sinto muito por isso…

    Ando preocupado com o que meu pai tinha quando era pequeno e que não existia mais quando nasci. E fico pensando no que você também está deixando de ver e sentir por causa da atuação dos adultos de hoje (23/10/2010).

    Por isso, estou escrevendo esta cartinha pra você, na época em que pessoas do mundo inteiro estão reunidas em Copenhague, na Dinamarca, compartilhando esta mesma preocupação: o que estamos deixando para as nossas crianças? É a COP-15, que está decidindo o que as crianças como você vão herdar quando crescer.

    Prometo cuidar melhor do planeta, para que você possa viver um pouco do que as crianças, que hoje são adultos, viveram há 50 anos atrás, mas sem se preocupar em preservar para que você, seus filhos e seus netos pudessem aproveitar também.

    Espero também que você cresça com a mesma preocupação, para que todas as crianças que virão depois de você também possa viver o que os nossos avós, bisavós e tataravós viveram, sem pensar nos animais e na natureza que afastamos, para criar jardins murados e bichos de pelúcia nos shoppings centers…

    Seja feliz pingo! E cuide do planeta!

    Bedjo no coração!

    Padrinho Ale!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: