Archive for the ‘Diversos’ Category

ARTE-MÍSIA

04/01/2011

Anúncios

FEIRA DE TROCAS

02/12/2010

Estimule a economia criativa e solidária, aproveite este momento troque com o outro algo que não teve oportunidade e/ou nunca quis vender ou dar. TROQUE !

QUINTA-FEIRA, 19h
Sala Crisantempo
Rua Fidalga, 521 – Vl. Madalena
São Paulo – SP

TERMÔMETRO DE MERCÚRIO NÃO!

20/05/2010

Me lembro bem desse objeto na minha infância. Sempre que minha mãe pegava o termômetro eu torcia para que ele se quebrasse, para que eu pudesse brincar com o mercúrio, aquela bolinha escorregadia, brilhante e… ALTAMENTE TÓXICA!

Hoje em dia é possível encontrar termômetros digitais em qualquer farmácia, o problema é que eles custam o dobro do preço, em média. 

Ontem, dia 19/5, entidades ligadas à saúde e ao meio ambiente entregaram um documento pedindo à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a proibição da fabricação de termômetros de mercúrio. 

Leia a matéria do Mercado Ético:

De acordo com a representante da Associação de Proteção ao Meio Ambiente de Cianorte (Promac) Zuleica Nycz, os termômetros disponíveis no mercado são muito frágeis e detêm grande concentração do metal, o que pode contaminar pessoas e ambientes.

“O que queremos é que a Anvisa se sensibilize e nos chame para conversar. Acredito que deve sobrar um pouco de recursos [governamentais] para trabalharmos com a segurança química e proteger a saúde das pessoas e da própria biodiversidade”, disse.

Segundo Zuleica, um dos maiores entraves para a substituição por termômetros alternativos é o preço. Na maior parte dos locais de venda pesquisados por essas entidades, os termômetros não tóxicos custavam mais que o dobro que os de mercúrio.

“Temos um problema muito grave que exige subsídio ou políticas específicas. A máquina do Estado tem uma série de opções para baixar o preço de um produto que é de interesse da saúde pública. O que falta neste momento é vontade política”, afirmou.

O mercúrio é um metal tóxico para os seres humanos, podendo afetar o desenvolvimento cerebral e o sistema nervoso. No Brasil, é usado em termômetros, em lâmpadas fluorescentes, em materiais odontológicos e em processos de mineração de ouro.

BANHEIRO SECO: COMO FUNCIONA?

08/05/2010

Consiste em um banheiro com dois vasos, cada um correspondente a uma câmara. Enquanto utilizamos uma, a outra permanece fechada. A medida que uma câmara vai enchendo, a temperatura aumenta, e começam a entrar em ação organismos termofílicos (que só sobrevivem em temperaturas altas) que decompõem a matéria fecal. Cada vez que usamos osanitário devemos colocar matéria seca, que evita odores, protege de insectos e acelera o processo de compostagem. Pintamos a câmara de preto para que a temperatura fique mais alta e o processo seja mais rápido (a cor preta absorve mais calor).

Quando uma câmara está cheia, fechamos o vaso com uma tampa pesada e passamos a utilizar a outra. O tempo que leva para encher uma câmara é tempo suficiente para que a matéria fecal da outra tenha virado adubo. Podemos esvaziá-la e colocar na horta ou no jardim.

Qual é a importância deste banheiro seco?

O circulo da alimentação humana é infinito e para conservar os recursos destinados a produção de alimentos a terra deve ser enriquecida cada vez mais com matérias orgânicas da compostagem, como por exemplo as fezes humanos, restos de comida ou restos agrícolas.

Quando o homem respeita esse circulo da natureza ele pode conservar a fertilidade das nossas terras agrícolas em vez de esgotar os nutrientes da terra , deixando ela cada vez mais empobrecida, como tem sido feito utilizando as tecnologias modernas no cultivo. 

Terras que produzem alimentos devem ficar cada vez mais ferteis e ricas depois de cada colheita. Se não sera impossível de produzir alimentos para toda população mundial que está crescendo anualmente e deixando as terras férteis ficar cada vez mais raras.

Vantagens do banheiro seco

Enriquece a terra
• aumenta a fertilidade e produção 
• aumenta a matéria orgânica da terra
• diminui a chance das doenças das plantas
• afasta parasitas
• aumenta capacidade da terra de armazenar água
• enche a terra de microorganismos úteis
• elimina a necessidade de adubo químico
• equilibra a temperatura da terra 

Evita poluição 
• elimina criação de gás metano dos lixos
• reduz o lixo orgânico
• reduz esgotos
• reduz o uso de produtos químicos venenosos

Recupera a terra
• recupera terra degradada
• ajuda no reflorestamento
• ajuda na recuperação do hábitat de animais salvagens
• ajuda recuperar pântanos que foram poluídos
• ajuda a evitar erosões

Fonte: Apaoka

RECICLE SEU CICLO

07/03/2010

Por Gabriela Guenther

Esse post é um convite às mulheres conscientes e dispostas a mudar de hábitos pelo bem do planeta.

Você tem ideia de quantos absorventes uma mulher usa ao longo de seu ciclo fértil? Entre 10 e 15 mil. Imagine a quantidade de absorventes descartados diariamente no mundo… e cada um desses absorventes demora mais de 100 anos para se decompor. Isso sem falar nas embalagens.

Além disso, os absorventes descartáveis possuem substâncias químicas que podem causar alergias e prejudicar a saúde da mulher. 

Que tal considerar uma alternativa mais ecológica e saudável? O ABIO é um absorvente reutilizável, feito de algodão e que pode durar entre 6 e 10 anos, dependendo do cuidado com que for lavado.

Ainda não está convencida? Para limpá-lo, é só deixar o absorvente de molho na água, depois você pode usar a água, rica em nutrientes, para regar suas plantas. Esfregue com um pouco com sabão de coco e seu absorvente ficará novo.

Como um absorvente comum, o ABIO tem abas, que são presas na calcinha por um botãozinho de pressão. O conforto é exatamente o mesmo, ou maior, se você considerar que está diminuindo seu impacto no meio ambiente.

O IPEMA – Instituto de Permacultura e Ecovilas da Mata Atlântica vende os absorventes, produzidos artesanalmente por mulheres de Ubatuba, mas, se você entende um pouco de costura, pode fazer seus próprios absorventes.

Se quiser ir mais longe, pode adotar também fraldas de pano (um bebê usa em média 6 mil fraldas em dois anos, cada fralda descartável demora 450 anos para se decompor…). Aquelas, que provavelmente sua mãe colocava em você, ou esta versão, mais moderninha.

Veja a diferença para o meio ambiente.

SURF ECOLÓGICO

02/12/2009

Surf ecológico é quase um pleonasmo, mas os designers Thiago Maia, Bruno Temer e Pedro Themoteo conseguiram harmonizar ainda mais o esporte e a natureza, criando a Eco-prancha, a partir fibras de bambu orgânico e óleo de mamona.

Sua empresa, a Fibradesign, desenvolve produtos a partir de resíduos agrícolas, como fibras de banana, palmito e juta. A empresa criou também o skate de folha seca, a bicicleta infantil de bambu, a mesa feita de compensado de pupunha, entre outros.

Saiba mais no blog da Fibradesign.

<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

BEIJA-FLOR, NÃO AÇÚCAR!

24/11/2009

Se você adora pássaros e tem o hábito de colocar água com açúcar em bebedouros para atrair beija-flores, saiba que é preciso ter alguns cuidados para não afetar a saúde desses bichinhos tão delicados.

O cloro da água pode causar gastroenterites (inflamações no estômago e intestinos) e o açúcar, em contato com a água, fermenta e favorece o surgimento de fungos que causam infeção bucal e na língua, asfixiando e matando os beija-flores, além disso, atrai outros visitantes indesejáveis, como abelhas, formigas e moscas. 

Use água filtrada ou fervida, esterelize os bebedouros e compre soluções específicas em casas de animais, que não contêm açúcar.

Os veterinários, porém, alertam: nada disso supre as necessidades do beija-flor. Sem flores, ele sobrevive apenas alguns meses.

Então, por que não unir o últil ao agradável? Plante flores na sua varanda!

Saiba quais são as espécies mais apropriadas.

Fonte: www.petbrazil.com.br

<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

AME O PLANETA (TAMBÉM)

12/11/2009

post_casamento

Fora de moda ou não, casamento é sempre um momento especial na vida de duas pessoas que se amam. Mas, quando pensamos em festa de casamento, qual é a primeira imagem que nos vem à cabeça? Igreja abafada, festa exagerada, roupas extravagantes e, no final, pilhas de lixo descartável, flores murchas e comida jogada fora?

Não precisa mais ser assim. A tendência dos “casamentos sustentáveis” já chegou ao Brasil. Dos convites à lua de mel, é possível ter um casamento glamouroso sem detonar o meio ambiente.

Existem até empresas especializadas nisso, como a Ecowedding, que oferece buffet orgânico e vegetariano, lembrancinhas produzidas por comunidades sustentáveis, vestidos de fibra natural… cada detalhe é pensado para causar o menor impacto ambiental possível.

Há maneira melhor de celebrar o amor do que demonstrando cuidado e carinho com o planeta?

<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

PENA DE QUEM?

10/11/2009

Patos e gansos têm uma expectativa de vida de 12 a 15 anos, mas não os que são explorados pelo homem.

Aqueles que são criados para servirem à indústria de travesseiros, edredons e jaquetas têm suas penas arrancadas quatro vezes ao ano, desde que completam 2 meses de vida, e são mortos aos quatro anos de idade, a fim do consumo de sua carne.

Ao fazer suas escolhas pelo conforto, não deixe de lado a ética. Use apenas produtos que não permitem a crueldade contra animais.

<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>

ESPÍRITO DE PORCO

10/11/2009

O Verde Dentro já publicou diversos vídeos sobre a pecuária e a avicultura, que denunciam a crueldade da indústria da carne. Agora, pela primeira vez, surge um documentário sobre a suinocultura: Espírito de Porco narra a trajetória de um porco desde o seu nascimento, no Sul do Brasil que tem uma das maiores concentrações de porcos do mundo, até o prato. 

O filme ganhou um prêmio especial do Júri Internacional na 15a Edição do Cine’Eco – Festival de Cinema Ambiental, em Portugal. Também foi eleito o melhor filme pelo júri popular na I Mostra de Cinema pelos Direitos dos Animais, em Curitiba.

<div><a href=”http://www.addthis.com/bookmark.php?v=250&amp;pub=oceanoale&#8221; title=”Bookmark and Share” target=”_blank”><img src=”http://s7.addthis.com/static/btn/v2/lg-share-en.gif&#8221; width=”125″ height=”16″ alt=”Bookmark and Share” style=”border:0″/></a></div>
<!– AddThis Button END –>