Archive for the ‘Notícias’ Category

ECO STORE

07/02/2011

A Greenvana é uma loja virtual de produtos ecológicos que oferece roupinhas para bebês de algodão orgânico, utensílios reciclados, produtos naturais, não testados em animais, entre outros.

Visite a loja.

Anúncios

MOVIMENTO XINGU VIVO

07/02/2011

Movimento Xingu Vivo para Sempre (MXVPS) é um coletivo de organizações e movimentos sociais e ambientalistas da região de Altamira e das áreas de influência do projeto da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, que historicamente se opuseram à sua instalação no rio Xingu. Além de contar com o apoio de mais de 250 organizações locais, estaduais, nacionais e internacionais, o MXVPS agrega entidades representativas de ribeirinhos, pescadores, trabalhadores e trabalhadoras rurais, indígenas, moradores de Altamira, atingidos por barragens, movimentos de mulheres e organizações religiosas e ecumênicas.

Saiba mais.

Assine a petição contra Belo Monte.

FÉRIAS ECOLÓGICAS

13/01/2011

O Acampamento de Férias Tekombo’e tem como temática a ecossustentabilidade. Desenvolvido para crianças de 7 a 14 anos, integra cultura, atividades artísticas, práticas sustentáveis, artes marciais, entre outros.

O próximo acampamento acontece entre 21 e 28 de janeiro.

Saiba mais.

MAMÃE NATUREZA

24/11/2010

A Mamãe Natureza é uma empresa social que desenvolve produtos ecológicos para mães, mulheres e crianças. A produção envolve mulheres de comunidades de Ubatuba, gerando oportunidade de trabalho e renda.

Entre os produtos que a empresa oferece, há fraldas e absorventes femininos reutilizáveis.

Saiba mais.

DÊ UM MUNDO MELHOR DE PRESENTE

20/09/2010

Esse é o slogan da loja virtual Revira Ideias, que vende produtos desenvolvidos em material reciclado, reaproveitado, reciclável ou biodegradável.   

Seus parceiros são artesãos e designers nacionais. Comprando seus produtos você estará fomentando um mercado ético e sustentável, que gera uma distribuição econômica mais justa e menos resíduos ao nosso planeta.

MENOS SABÃO, MAIS SAÚDE

26/08/2010

Outro produto que promete reduzir os danos ao meio ambiente é a Okoball.

A Okoball é constituída por cerâmicas naturais e ímãs permanentes, contidos numa esfera plástica não tóxica. A ação das ondas magnéticas quebra as combinações do Hidrogênio da molécula em pequenos aglomerados e os força a estarem ativos, aumentando o movimento molecular. Essa ação aumenta a penetração da água no tecido, trazendo resultados com diminuição em 80% de produtos químicos na lavagem de roupas e 100% de benefícios para o meio ambiente.

Quando comparado ao processo normal de lavagem de roupas, diminui os riscos alérgicos causados pelos produtos químicos, elimina os micro-organismos patogênicos, é recomendada para lavagens de roupas de crianças e pessoas com pele sensível e com tendência a alergias, proporcionando conforto, bem-estar e economia.

Saiba mais.

ALTERNATIVA PARA MULHERES ECOLÓGICAS

26/08/2010

Já divulgamos aqui os absorventes de tecido reutilizáveis, como alternativa ecológica aos absorventes descartáveis que, além de produzirem muito lixo, podem prejudicar a saúde da mulher.
Há ainda uma opção mais prática e que tem sido testada e aprovada por muitas mulheres. É o Mooncup, um copo de silicone macio e hipoalergênico, que funciona como recipiente do fluxo menstrual, ao invés de absorvê-lo.
Diferente de absorventes internos e externos, o Mooncup é reutilizável e com o cuidado adequado pode durar vários anos.
O copo menstrual Mooncup não contém alvejantes, desodorantes ou gel absorvente. Ele não interfere na flora vaginal saudável, nem foi
associado à síndrome do choque tóxico, como alguns absorventes internos. Também não é testado em animais, é um produto vegano! 
A superfície macia do copo permite que o muco das membranas da parede vaginal continue a exercer suas funções essenciais de proteção e limpeza. O Mooncup  não absorve os mecanismos de defesa natural do seu corpo.

O produto ainda não está amplamente disponível para venda no Brasil, mas já conta com revendedores. O preço médio é de R$ 85.

Saiba mais.

E-mail para contato e encomendas: luisacassettari@yahoo.com.br

CUIDADOS AO DESCARTAR MEDICAMENTOS

07/06/2010

Não é só o lixo eletrônico e os termômetros de mercúrio que oferecem perigos à saúde e ao meio ambiente se descartados sem o devido cuidado. Remédios jogados no lixo também podem causar sérios danos. 

Veja a matéria do site Ecodesenvolvimento:

O descarte inadequado de medicamentos pode causar sérios danos ao meio ambiente e à saúde da população. Por isso, jogá-los fora de maneira correta é fundamental. Porém, poucas pessoas têm conhecimento sobre o assunto e não há legislação nem postos apropriados de coleta no Brasil. O que fazer então com o remédio que iria para o lixo?

Todos os anos toneladas de remédios são produzidas e vendidas tanto na medicina humana, quanto na veterinária. Nesses fármacos, entre 50 e 90% de sua dosagem permanece inalterada quando excretada e persiste no meio ambiente. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 12,5% dos municípios brasileiros têm aterro sanitário, isso significa que grande parte dos resíduos produzidos no país, incluindo esses materiais, vão para lixões a céu aberto. Lá, essas substâncias se infiltram no terreno e contaminam o solo e as águas.

Leia a matéria completa.

McCOPOS TÓXICOS

04/06/2010

Só para se ter uma ideia do perigo que brindes e brinquedos de procedência duvidosa podem representar a nossa saúde e principalmente a de nossas crianças:

McDonald’s faz recall de 12 milhões de copos com metal tóxico

(Fonte: Reuters) – O McDonald’s anunciou o recall de 12 milhões de copos de vidro temáticos – do filme Shrek – nos Estados Unidos, depois que a Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor (CSPC) alertou sobre o uso dos copos que contêm cádmio, um metal tóxico, segundo a imprensa.

Conforme informaram a Associated Press e a BBC, foi encontrado cádmio na pintura usada para desenhar os personagens do filme no copo, que era vendido no McDonalds’s por 2 dólares cada.

“Acreditamos que o copo do Shrek é seguro para o consumo”, disse o porta-voz do McDonald’s nos Estados Unidos Bill Whitman à BBC. Mas “para assegurar que nossos consumidores recebam produtos seguros de nós, tomamos a decisão de parar de vendê-los e voluntariamente fazer um recall destes produtos imediatamente”.

O cádmio é um elemento cancerígeno que, de acordo com pesquisas, pode causar enfraquecimento dos ossos e problemas renais graves.

Via UOL.

Veja outros post sobre o McDonald’s:

Sustentabilidade para brasileiro ver.

McLanche Infeliz.

Não se deixe enganar!

E-LIXO MAPS

01/06/2010

Não, e-lixo não são apenas as dezenas ou centenas de spams que você recebe semanalmente… O e-lixo ou lixo eletrônico são pilhas, baterias, celulares, lâmpadas fluorescente, computadores e outros aparelhos eletrônicos que são descartados, muitas vezes sem o devido cuidado, poluindo o solo, a água e prejudicando a saúde dos seres vivos e do meio ambiente.

O chumbo, um dos elementos mais perigosos à saúde humana, acumula-se nos ossos, unhas, cabelos, cérebro, fígado e rins e pode causar dores de cabeça e perda de concentração, pois age no sistema nervoso, renal e hepático.

O mercúrio, presente nos termômetros comuns, é altamente tóxico e rapidamente absorvido pelos pulmões e pela pele. Provoca lesões no cérebro, má formação de fetos e pode ser letal em doses elevadas.

O níquel tem efeito cancerígeno. O Bário, Cádmio, Cromo, Zinco, Prata, entre outros elementos presentes no lixo eletrônico também são altamente nocivos. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de descartar esse tipo de lixo.

Para combater esse problema, a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e o Instituto Sergio Motta criaram o projeto e-lixo maps, um banco de dados de postos de coleta de lixo eletrônico. Você acessa o site, digita o CEP (apenas para cidades de São Paulo), escolhe o tipo de aparelho a ser descartado e descobre o posto de coleta mais próximo de onde está. Também é possível cadastrar estabelecimentos de coleta.

Conheça e divulgue o projeto.

Saiba mais sobre lixo eletrônico.

Via Meu Mundo Sustentável.